Estados Unidos registram mais de dois milhões de casos da Covid-19

Jovem Pan

EFE/Bryan R. Smith

Os Estados Unidos superaram, na quarta-feira (10), a marca de dois milhões de casos da Covid-19, segundo contagem da Universidade Johns Hopkins. O número exato de infecções confirmadas é agora de 2.000.464, enquanto os mortos pela pandemia são de pelo menos 112.924.

Os casos nos EUA, que representam mais de 27% dos declarados em todo o mundo, são seguidos por 772.416 no Brasil e 493.023 na Rússia.

O estado de Nova York tem sido o grande epicentro da pandemia no país, com 380.156 casos confirmados e 30.542 mortes. A “Big Apple” é seguida pela vizinha Nova Jersey, com 165.346 casos confirmados e 12.377 mortes, Califórnia, que registrou 139.715 infecções e 4.854 mortes, e Illinois, com 129.837 positivos para coronavírus e 6.095 vítimas.

Outros estados com um grande número de mortes são Massachusetts com 7.454, Pensilvânia com 6.062, Michigan com 5.955 ou Connecticut com 4.120.

O balanço provisório de mortos já excedeu o nível mais baixo das estimativas iniciais da Casa Branca, que projetavam entre 100 mil e 240 mil óbitos. Por seu lado, o Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde (IHME, sigla em inglês) da Universidade de Washington, calcula que, no início de agosto, terá deixado mais de 145 mil mortes nos Estados Unidos.

DEIXE COMENTÁRIO

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: