Dirigente sindical critica proposta de reforma previdenciária do governo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a proposta de reforma da Previdência a ser enviada em fevereiro vai incluir um regime de capitalização. Ou seja, caberá a cada trabalhador administrar sua própria poupança. O diretor do Sindicato dos Bancários de Assis e Região, Silvio Freitas, critica esta proposta dizendo que o sistema de proteção social brasileiro será enfraquecido caso o regime de capitalização seja implantado e sugere que o governo combata a sonegação e acabe com as isenções fiscais.

DEIXE COMENTÁRIO

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: